quarta-feira, 11 de julho de 2012

Demóstenes: ACABOU


A cabeça do senador foi oferecida ao sacrifício. Demóstenes foi cassado, no Senado nesta quarta-feira por 56 votos a favor da cassação, 19 votos contra, 5 abstenções e 1 ausência. Eram necessários 41 votos para que a cassação fosse aprovada. Agora, a CPI já pode descansar. E as eleições tomarão a atenção geral (assim como o julgamento do mensalão). Se alguém tinha interesse em saber como a CPI se transformaria em pizza, agora é só acompanhar os próximos passos. 
O folclórico de toda esta situação é que a cadeira no Senado será tomada pelo ex-marido da atual esposa de Carlos Cachoeira, Wilder Pedro de Morais, do DEM.

Um comentário:

Unknown disse...

O senador ausente foi aquele do PSDB-Leblon?