sábado, 6 de abril de 2013

Estadão demite 20 jornalistas e revela crise

Dizem que se trata de reforma editorial. Mas parece mais que isto. Começou com uma palestra, à tarde, expondo as mudanças pensadas durante seis meses. A explanação revelava que o jornal teria, a partir de agora, três cadernos a um suplemento. O primeiro caderno, com política, internacional, metrópole e esportes. O segundo, com economia, negócios e tecnologia. O caderno 2 abarcando comportamento digital e literatura. Sobre os suplementos: Edição de esportes (segunda), viagem (terça), jornal do carro (quarta), paladar e classificados (quinta), divirta-se (sexta). Todas mudanças já estarão nas bancas no próximo dia 22.
Foram demitidos jornalistas de esportes, portal, economia, metrópole e vida. O sindicato dos jornalistas profissionais no Estado de São Paulo pediu reunião de emergência.


Um comentário:

Alessandra Ferreira disse...

Crise já prevista neh?