sexta-feira, 8 de junho de 2012

As tensões no interior do PT


Lula começa a abrir flancos em demasia no interior do PT. Os dois barulhos mais ouvidos partem de Recife e de Marta Suplicy, em São Paulo. Digamos que as duas localidades estão, no momento, no olho do furacão das eleições de 2016, ladeados por Minas Gerais.
Lula exagera e pode ter que pagar caro por neocoronelismo.

2 comentários:

Lindolfo disse...

Rudá,

Parece que o caso Recife é bem menos grave que o ocorrido no Maranhão, no apoio ao clã Sarney.

Trata-se, no caso de Recife, de preservar uma unidade interna e alianças preferenciais, mas nem por isso deixa de causar um forte desgaste entre os membros do partido.

O problema da intervenção é a mensagem de centralização e de anulação das decisões da militância.

O fato é que as prévias petistas, com ampla participação da militância, já não reflete mais o PT de ontem, essas prévias são decididas mesmo é pela uso da máquina pública em quase todos os lugares que o PT governa!

A cada dia o PT se parece mais e mais com os demais partidos, digo, os partidos de direita!

Professor Calebe Temporal disse...

Olá Rudda
Parabéns pelo blog.
Tô sempre lendo, sou seguidor.
Rudda gostaria q vc lesse um comentário q eu fiz sobre o PT na minha cidade. Teve gente do PT daqui que não gostou.
Dá uma olhada aí:
http://catingadeporco-cristinocastro.blogspot.com.br/2012/06/pt-de-cristino-castro-uma-icognita.html?showComment=1339259695931#c4801987337381588338

Valeu abaraço