quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Ainda sobre o dilema de Aécio

O dilema de Aécio é ainda maior ao ler a pesquisa Sensus. No cenário da eleição para o governo mineiro, Aécio ganharia fácil. Mas se não for candidato, Fernando Pimentel seria o novo governador. Enfim, se perder a eleição presidencial, Aécio perderia, ainda que hipoteticamente, o governo mineiro e ficaria ainda mais frágil politicamente.

3 comentários:

Júnior ... Eskelsen D. disse...

Pra minas ele não volta mais, não tem retorno nesta altura para o governo local; o negócio é reforçar alguém aqui e partir para o tudo o nada.

Se bem que já ta na hora de minas se livrar do PSDB por um tempo.

Na esfera nacional o Lula não volta, acredito no que ele diz quanto a continuidade da atual presidente. Essa é uma garantia
que o Aécio tem.

SENÔ JÚNIOR disse...

Putz Aécio como opção nacional é foda.Em política não existe garantias. O que é agora pode não ser daqui a 30 segundos.Qual é realmente um nome forte nacionalmente para desbancar a turma do Lula do poder hoje?Todos estamos mal representados, porque escolhemos mal, inclusive o povo mineiro.

Júnior ... Eskelsen D. disse...

Cheguei em minas era ago/2010 em plena campanha política, lá em Santa Catarina a gente também sofria com apenas duas opções: um ruim e outro pior.

A garantia da parte do Lula é pessoal e na relação interna da situação, sem contar que o PT tem opções mais fortes que o serra nos estados.