quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Privataria e BNDES


A ilustração desta nota é a cópia do cheque pago pela Vale do Rio Doce quando da sua privatização pelo  BNDES: míseros dois  bilhões de reais, pagos por uma das maiores empresas do mundo cujo valor de  mercado alcança hoje 125 vezes mais ( R$ 254,9 bilhões). Recebi este documento de um amigo do RJ. Ele destaca, na mensagem que recebi:
Reparem só no  comentário escrito por um dos executivos da privatização no BNDES : " uma  lembrança da nossa VITÓRIA... Valeu !! Beijos..."  "Vitória" de quem, cara-pálidas ? "Valeu !" para quem ?, perguntaria alguém  mais simplório... Tema talvez para umas futuras reedições do livro 'A  Privataria Tucana"...  

Um comentário:

SENÔ JÚNIOR disse...

Amigo Rudá voce havia comentado comigo sobre esse livro e vi um vídeo do Amaury. Disse ainda a voce que parecia que ele estava bêbado e voce retrucou dizendo que era o jeito dele mesmo.O que ele diz no livro demonstra que o País foi roubado em bilhões de dólares no governo de Fernando Henrique Cardoso.É estarrecedor.E isso ainda implica em afirmar que São Paulo é realmente o estado mais reacionário da Federação.