quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Falecimento de Sérgio Miranda

Somente ontem, em Brasília, soube do falecimento de Sérgio Miranda. Não tive acesso à internet nos últimos dias em função das viagens, reuniões de trabalho e plenária do Fórum Nacional de Direitos da Criança e Adolescente (FNDCA).
Sérgio foi deputado federal pelo PCdoB e se destacou como especialista em orçamento público. Todo movimento social e ONGs que se dedicam a este tema o adotaram como referência. Ele era jornalista, nasceu em Belém e durante quatro mandatos (1993 a 2006) foi indicado como um dos mais influentes deputados federais, pelo DIAP). Soube do falecimento no gabinete do deputado Paulo Rubem (PDT-PE, mesmo partido ao qual Sérgio Miranda se transferiu e militou nos últimos anos; Sérgio e Paulo Rubem faziam dobradinha como os mais combativos e experientes parlamentares da área orçamentária), ontem. Fui até o velório, que ocorria na Capela 6, mas confesso que não consigo lidar com estas perdas. Já registrei aqui que estas pessoas que, de alguma maneira, fizeram parte de minha vida, ao morrer acabam gerando uma sensação que parte da minha história se desgarra. Não é uma sensação nada boa.

2 comentários:

Luiz Mario disse...

Pois é eu também continuo abalado… e para o registro histórico: se teve uma pessoa responsável pela criação do Fórum Brasil de Orçamento, ela se chama(va) Sérgio Miranda. Claro que o FBO foi uma criação coletiva, mas foi o Sérgio que estimulou e nos desafiou a criação de um fórum sobre orçamento público. Uma grande perda.

Educação disse...

Fui eleitor do Miranda em todos os mandatos de deputado e mantive o voto, mesmo sabendo que perderia devido a Jô ter entrado no páreo.

Também fiquei meio que de luto!