sábado, 17 de dezembro de 2011

Uma análise por dentro do governo Beto Richa

Beto Richa foi uma novidade política ao vencer praticamente sozinho as eleições passadas. Mas logo foi sendo atropelado pelas defecções (como o de Gustavo Fruet) e pela ausência de quadros para gerenciar alguns setores do governo estadual paranaense.
Aos poucos, contudo, parece se reequilibrar.
Recebo a seguinte análise de um velho amigo que está no interior do governo:


Beto Richa vai fazer um governo bem melhor do que o do Requião, pois está aberto ao debate com o conjunto social. O Pessuti trancou as informações, mas hoje eles estão totalmente no controle. Tanto o secretário da administração, o Sebastiani, que foi do PT, como o Hauly, na Fazenda, estão fazendo um bom trabalho. Em seis meses recuperaram o caixa do Estado e estão com ótima relação com a Dilma, que hoje viabiliza todos os recursos que o Requião tinha jogado fora por ter uma postura muito agressiva. Na Habitação escolheu um grande quadro da Caixa. Na Agricultura está um ex-AP. E o Flávio na Educação também não é um mal quadro. Na Saúde está um ex-quadro do PCB (CEBS). A saída do Fruet foi bom para o grupo do Paulo Bernardo, pois ao adotá-lo criou um espaço para ocorrer uma fissura interna, mas não com a amplitude que esperavam. O Fruet saiu só e o PDT aqui é inexpressivo. Outro problema que este irá enfrentar é com a Democracia Socialista [corrente interna do PT] que está trabalhando as bases para a candidatura própria e aqui em Curitiba este agrupamento é uma força expressiva dentro do PT (Movimento Sindical de servidores). O PMDB sai com candidatura própria e o Ratinho (filho) hoje desponta à frente do Gustavo Fruet, o que impede a coligação, já que na frente, capitalizado e com o SBT nas mãos fica quase que impossível fazer com que este venha a ser o vice do Gustavo, o que era a estratégia do Paulo Bernardo.



Um comentário:

OpenSanti. com disse...

Bom Dia Rudá, Com Todo Respeito como paranaense não posso concordar em nada com este artigo.
Em primeiro lugar temos um governo absolutamente obscuro, vide a reunião que o Beto iria ter com banqueiros quando deu problema no helicóptero emprestado por um empresário. A imprensa paranaense foi "comprada" nos primeiros dias do Governo Richa, a Censura aqui come Solta contra imprensa independente e blogs por ex. o Esmael de Morais e o Blog do Tarso, outra situação vexatória foi quando a fala da presidenta foi cortada da TV Paranaense alegando problemas técnicos que não ocorreram na fala do Richa.
O Richa fez um atropelo para privatizar a Copel o restante da Sanepar, aumentou as taxas do DETRAN em até 500%, esta fazendo de tudo com intuito de transferir algumas rodovias federais do estado para Privatizar, é a cópia exata do Governo Lerner muita propaganda.
Os cortes de professores de ensinos técnicos esta comprometendo boa parte da formação técnica do estado inteiro, só para citar alguns exemplos de desmando que estão ocorrendo no estado do PR. Abraços, Sucesso... Bom Dia Rudá, Com Todo Respeito como paranaense não posso concordar em nada com este artigo.
Em primeiro lugar temos um governo absolutamente obscuro, vide a reunião que o Beto iria ter com banqueiros quando deu problema no helicóptero emprestado por um empresário. A imprensa paranaense foi "comprada" nos primeiros dias do Governo Richa, a Censura aqui come Solta contra imprensa independente e blogs por ex. o Esmael de Morais e o Blog do Tarso, uma outra situação vexatória foi quando a fala da presidenta foi cortada da TV Paranaense alegando problemas técnicos que não ocorreram na fala do Richa.
O Richa fez um atropelo para privatizar a Copel o restante da Sanepar, aumentou as taxas do Deram em até 500%, esta fazendo de tudo com intuito de transferir algumas rodovias federais do estado para Privatizar, é a cópia exata do Governo Lerner muita propaganda.
Os cortes de professores de ensinos técnicos esta comprometendo boa parte da formação técnica do estado inteiro, só para citar alguns exemplos de desmando que estão ocorrendo no estado do PR. Abraços, Sucesso...