sábado, 10 de dezembro de 2011

Êta metrozinho caro, sô!


METRÔS DE S. PAULO, BRASÍLIA, RIO E BELO HORIZONTE SÃO MAIS CAROS QUE OUTRAS GRANDES CIDADES
          
(Estado de SP, 29) 
 
1. Usar o metrô em São Paulo, no Rio, em Brasília ou em Belo Horizonte pesa muito mais no bolso do consumidor do que em Londres, Paris ou Buenos Aires. É o que concluiu um estudo do Instituto de Defesa do Consumidor (Idec), que pesquisou qual o impacto das tarifas de metrô em 19 grandes cidades do mundo em relação ao salário mínimo local.  As quatro primeiras cidades do ranking são brasileiras, e a medalha de ouro ficou com Brasília.
          
2. Na capital federal, uma tarifa de adulto sai por R$ 3. Quem usa o metrô para ir e voltar do trabalho ao longo de 20 dias úteis no mês desembolsa 22% do salário. O valor recai sobre o trabalho e onera ainda os empregadores que pagam vale-transporte. O mesmo acontece em São Paulo, que ficou em terceiro no ranking. A tarifa é de R$ 2,90, e o gasto mensal na cidade para andar todos os dias úteis de Metrô é de 19,02% do salário mínimo. Também ficaram colocadas entre as cidades mais caras o Rio, onde o metrô consome 22,02% do mínimo, Belo Horizonte (13,21) e Recife (11,01).

Um comentário:

Flipe disse...

Em Belo Horizonte sequer tem isso, aqui é o trem urbano! Lamentável!