segunda-feira, 4 de abril de 2011

Falecimento de Jackson Lago


O ex-governador do Maranhão Jackson Lago, 76, morreu no final da tarde desta segunda-feira em São Paulo. Ele estava internado no Hospital do Coração em razão de problemas respiratórios decorrentes de um tratamento contra o câncer de próstata.
Prestei consultoria para o governo dele. Sempre tive por ele e sua equipe a melhor das impressões. Embora adversário dos Sarney, tinha em seu governo vários membros do grupo do grupo que lhe fazia oposição, incluindo parentes do ex-Presidente da República. O mesmo ocorreu na gestão de Jacques Wagner, na Bahia, o que dá mostras das dificuldades de se governar no nordeste quando se é oposição de esquemas de tipo coronelista.
Posso testemunhar que Jackson Lago pegou um Estado destroçado. Para se ter uma ideia, não havia nem organismo de planejamento, uma fundação ou autarquia que pudesse agregar dados, planejar e realizar estudos prospectivos. Lago começou a reconstruir esta estrutura, colocando nas mãos do competente Raimundo Palhano.
Tentou descentralizar a gestão em pólos regionais de planejamento. Também procurou criar um sistema de monitoramento do plano plurianual.
Estava no caminho certo, até que o grupo de Sarney resolveu retomar o governo.
Lamento muito por tudo.

2 comentários:

mano disse...

O MARANHÃO PEDEU UM GRANDE POLITICO E O CÉU GANHOU UM GRANDE ALIADO NA LUTA CONTRA A OPRESSÃO E A MISERIA EXISTENTE NO ESTADO DO MARANHÃO.

JACKSON LAGO, FIQUE COM DEUS, E OLHE POR NÓS.

marcio setubal

Raimundo Palhano disse...

Salve Rudá,

Nós que participamos desse processo político no Maranhão nos sentimos contemplados com os seus lúcidos comentários. Jackson Lago foi imenso em uma terra como a nossa na qual tudo se apequena face a um domínio político clânico e atrasado. Você nos ajudou muito nessa luta. Forte abraço.

Raimundo Palhano
São Luís-Maranhão