quinta-feira, 31 de março de 2011

Se até bebê sabe dialogar, por qual motivo o Sindute Ipatinga não consegue?

2 comentários:

Katia disse...

Estimado professor, sociólogo, excelentíssimo Rudá,
para que exista diálogo é necessário que as duas partes estejam dispostas e preparadas para tal. O Sind-UTE está fazendo seu papel.

Rudá Ricci disse...

Katia (se é que este é seu nome)
Eu provo, com muita tranquilidade, que a diretoria do sindicato nunca desejou o diálogo. Volto a dizer que Márcia Leal me confidenciou, na porta da SME, que o sindicato soltou boatos a respeito da constituinte e outras barbaridades quando eu iniciava meu trabalho. Lembro que quem me indicou para a prefeitura foi o Sindute!!!
Não seja ingênua, companheira. Vamos às confusões que gostaria que você refletisse:
1) Não confunda a diretoria do sindicato com a base. Eu nunca critiquei a base. Mas aprendi a ficar horrorizado com a diretoria;
2) Diga para mim por quantos anos são as mesmas diretoras à frente do Sindute de Ipatinga. Pense: se são pessoas engajadas, por qual motivo se apegam ao cargo de representação por tanto tempo? Por que se acham melhores que qualquer outro professor de Ipatinga? E que não venham com esta história que a base quer. Este é o argumento de Kadafi;
3) Por qual motivo atacam a constituinte se é absolutamente transparente? Por qual motivo tentaram incentivar (e se estreparam) as diretoras de escolas municipais a boicotar a constituinte?
4) Eu conheço o sindicato por dentro, como poucos. Se contar que diretores do Sindute se acusaram mutuamente sobre assuntos gravíssimos, muito piores do que eles acusam os outros, você acreditaria?