domingo, 4 de outubro de 2009

Comparação entre salários de professores


No ano passado, a OIT e a UNESCO haviam publicado o ranking mundial de salários de professores. O Brasil aparecia como no ante-penúltimo lugar. Perdemos apenas para o Peru e a Indonésia. O salário anual médio de um professor na Indonésia é US$ 1.624, no Peru US$ 4.752 e no Brasil, US$ 4.818, o equivalente a R$ 11 mil.

BRASIL
Um brasileiro em início de carreira, segundo a pesquisa, recebe em média menos de US$ 5 mil por ano para dar aulas. No topo da carreira e após mais de 15 anos de ensino, um professor brasileiro pode chegar a ganhar US$ 10 mil por ano.

ARGENTINA
A Argentina paga US$ 9.857 por ano aos professores, cerca de R$ 22 mil, exatamente o dobro do Brasil.

ALEMANHA
Na Alemanha, um professor com a mesma experiência de um brasileiro, ganha, em média, US$ 30 mil por ano, mais de seis vezes a renda no Brasil.

PORTUGAL
Em Portugal, o salário anual chega a US$ 50 mil, equivalente aos salários pagos aos suíços.

CORÉIA
Na Coréia, os professores primários ganham seis vezes o que ganha um brasileiro.

FINLÂNDIA
Na Finlândia, melhor avaliação de desempenho de alunos do mundo (segundo o PISA), um professor em fim de carreira chega a ganhar US$ 60 mil por ano, o equivalente a R$ 9 mil por mês".


ALUNOS POR TURMA
A OIT e a Unesco dizem que o Brasil é um dos países com o maior número de alunos por classe. Segundo o estudo, existem mais de 29 alunos por professor no Brasil, enquanto na Dinamarca, por exemplo, a relação é de um para dez.

5 comentários:

tv enseada disse...

NUNCA SEREMOS !!!

Paullinho disse...

isso é uma vergonha pra um país que cobra tanto impostos.

Angel_Honorato disse...

É uma vergonha. Enquanto isso alguns acéfalos se orgulham de serem o 'país do futebol'. Antes fosse o país da educação!!!

Kadu Spinola disse...

É uma covardia o que fazem com nós professores brasileiros.

clayton disse...

Alguém pode por favor me dizer onde encontro este estudo da OIT? Já tentei localizar de todas as formas possíveis mas só encontro reportagens e ninguém que escreve estas matérias é capaz de postas a fonte. gentileza enviar para claytonps10@gmail.com