sábado, 6 de julho de 2013

Mais uma de Márcio Lacerda

Parece uma locomotiva desgovernada. Vai esbarrando em tudo, jogando para fora da rodovia, sem eira nem beira. O prefeito de Belo Horizonte se revela por inteiro. É tudo, menos líder político. Sem o menor sinal de habilidade e acometido pela incontinência verbal, já contraria muitos dirigentes e lideranças de seu partido. Um desastre. O maior, entre os prefeitos de capitais brasileiras.
Ontem, emanou mais uma frase que poderia abrir o Kibe Loco. Disse, o alcaide sobre os manifestantes que lideraram todas manifestações de BH e que ocupam a Câmara Municipal da capital mineira há uma semana:
"Eles não representam a sociedade. Representam o PSOL, o PSTU, setores do PCdoB e do PT. Esse grupo, político, organizado, legítimo, de partidos que estão disputando a cena política, tem o direito, mas não representa a sociedade".
Uma barbaridade. Digamos que sejam somente filiados a partidos (o que não é verdade, bastando presenciar suas assembleias), de onde tirou que não representam a sociedade? Alguma pesquisa? E, mais: quem é este senhor que define quem representa ou não a sociedade?
Alguém precisa informar o senhor Lacerda que a monarquia não existe mais no Brasil.

3 comentários:

Sr. Raposa disse...

Lacerda acha que a prefeitura é seu quintal ou sua empresa. Esqueceu que ele, na verdade, serve ao povo.

Aliás, que povo? Ele nem sabe, não conhece, não recebe.

Pra falar com o Márcio, precisa de CNPJ.

Blog do PAIXÃO disse...

Nenhum grupo representa a sociedade.Representa uma parte dela...
Acho que foi o que o Márcio quis dizer.

Rudá Ricci disse...

Paixão,
Admiro sua tentativa, mas o conjunto da obra dá contornos bem nítidos ao que pensa o sr. Alcaide. Um desastre. O pior prefeito, de longe, que conheci em minha vida. Imagine se a moda pega? Somente as declarações infelizes dele já dariam passeatas gigantescas em BH. De todas lideranças com quem conversei nesses dias, não ouvi um único elogio ao Lacerda. Muitos querem distância deste senhor. De todos partidos.