sexta-feira, 20 de maio de 2011

PIB vai crescer 4,2 % no primeiro trimestre, diz FGV


Apesar dos esforços do governo para desacelerar a economia, o produto interno bruto (PIB) deve crescer 1,4% no primeiro trimestre em comparação ao quarto trimestre de 2010. Em relação ao mesmo período do ano passado, o crescimento será de 4,2%, já que a base de comparação é bem mais deprimida. Estas conclusões constam do Boletim Macro Ibre divulgado ontem pela Fundação Getúlio Vargas, no Rio. A publicação é a primeira de uma série mensal, que vai incluir informações sobre nível de atividade da economia, mercado de trabalho e inflação. O PIB oficial será divulgado pelo IBGE no próximo dia 3 de junho.
- As medidas macroprudenciais adotadas até agora, como elevação de juros e corte de crédito, não estão surtindo ainda o efeito desejado. Acredito que possam conduzir a um desaquecimento do mercado doméstico, mas de forma muito gradual - diagnostica o economista Regis Bonelli, da FGV, projetando para 2011 um PIB de 4,4%.

Um comentário:

Rogério Floripa (Pra não homenagear Floriano) disse...

Haja pulso. :)



Documentário- Vida e Dívida O que faz esse documentário ser imperdível é o fato de mostrar as táticas
e manobras do FMI e Banco Mundial http://migre.me/4AKOA