quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Marina gera convulsão política e é atacada por todos os lados

Passado o susto, vem a reação. Ataque de todos os lados. 
Plínio de Arruda Sampaio, do PSOL, caracterizou Marina de "carreirista". Katia Abreu afirma que Marina eleita seria um desastre. O ex-deputado federal Luciano Zica, coordenador da Rede em São Paulo, abandonou o projeto de Marina afirmando que ela o fez de bobo. 
O vice-presidente nacional do PSB, Roberto Amaral disse que a Rede seria “fundamentalista”  e preconceituoso” e, ainda, “sem caráter”.
Do outro lado, desde sábado, marineiros postam campanha nas redes sociais com os dizeres: "Entre nessa campanha você também. Não quero Eduardo Campos, quero Marina Silva. Curta e Compartilhe!"
Cá entre nós, isto parece com "nova política"?
Está difícil!