segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Mapa Político da América Latina (El Dia, 2008)

4 comentários:

Emma disse...

Que coisa mais fora de contexto dividir a política entre esquerda e direita. A começar que essa dicotomia serviu para legitimar totalitarismos de ambos os lados e serviu como efeito de marketing para propagandear ideologias. O que sempre existiu foram interesses, ora convergentes, ora divergentes.

Rudá Ricci disse...

Emma,
Que coisa mais atrasada acreditar que não exista mais direita ou esquerda. Quem ainda pensa assim? Meio retrô, meio anos 80,não?

Ricardo Tadeu Sá Teles disse...

Ema, Ema...
Cada um com seus ... análises! rsrs
Só lamento que esteja tão desatualizada! Alem disso o Zelaya joga(va?) no time da esquerda e El Salvador está pintada de azul.
Mas este mapa é uma útil ferramenta! Obrigado a quem o contruiu!

Luiz Guilherme Arnoldi Moracci disse...

Concordo, Emma.
O conflito ideológico comunismo x capitalismo acabou com a queda do muro.
A questão desde então tem sido conciliar o estado de bem-estar social com a economia de mercado, como alguns países europeus tem conseguido.
Os extremismos, como se viu na história, são bem parecidos. Basta olhar para a URSS stalinista e para a Alemanha nacional-socialista ou para a Itália fascista de Mussolini, um esquerdista nato.
No mais, antes retrô 1980 do que retrô 1880...