quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Para onde o despreparo de nossos dirigentes públicos vai nos levar?

Vivo espantado com a atual geração de gestores públicos do país. Criminalizar encontro de crianças é realmente a certidão maior de incompetência.
A Folha de São Paulo de hoje, no caderno Cotidiano, oferece uma bela reportagem com os jovens da periferia que convocaram os rolezinhos. Trabalhadores, estudantes, gente que já frequenta os shoppings da periferia e que apenas querem se divertir e convocam (há anos, diga-se de passagem) encontros de fãs (seguidores de algumas fanpage de jovens populares) e "ídolos" (chegam a ter mais de 50 mil seguidores no Facebook) em shoppings, seus territórios de sempre.
Aí, os governantes desesperados decidem criminalizar os meninos.
Leiam a Folha de hoje e vejam os "canibais" que estão perseguindo.
Abaixo, outra matéria da Folha sobre a paranoia governamental (a começar pelo governo do Estado de São Paulo, passando por Dilma Rousseff):



Shoppings do país se preparam para onda de 'rolezinhos'

2 comentários:

Aurelio de Macedo disse...

Caro Rudá,
acompanho sempre este blog com certa curiosidade pelo seus pontos de vista. neste caso dos rolezinhos, tá rolando muita "interpretação" de espertos e desavisados por aí.
muito melhor que a folha, e outros intérpretes, legal também ler este artigo:
http://www.oene.com.br/rolezinho-e-desumanizacao-dos-pobres/
abs
Aurélio

Weverton Araújo disse...

http://pontesdeapoio.blogspot.com/2014/01/rolezinho-liberdade-sem-responsabilidade.html