terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Maria Frô divulga vídeos que demonstram que manifestantes não atearam fogo no fusca


 Finalmente saiu um vídeo mostrando o que aconteceu no caso do fusca em chamas no protesto contra a Copa. Ao mostrarem uma série de fotos, uma grande quantidade de defensores do governo Dilma correram para afirmar que os manifestantes atearam fogo de propósito no carro ao mostrarem fotos dos manifestantes próximos do carro enquanto ele pegava fogo.

Na verdade os manifestantes haviam incendiado colchões na rua para bloquear a passagem dos carros. Um serralheiro com seu fusca arriscou e tentou atravessar os colchões em chamas, quando o carro ficou enganchado no colchão, incinerando o carro.

O vídeo abaixo revela que os manifestantes correram para socorrer as pessoas que estavam dentro do fusca e não atacando o carro.


Outro vídeo do Estadão mostra essa mesma cena filmada bem de perto.



5 comentários:

Elcio Siqueira disse...

Então é isso, Rudá? Manifestantes pondo fogo em colchão para bloquear o trânsito é uma coisa tão normal e rotineira que não podemos falar de que se trata de uma barbaridade e o motorista do Fusca deve ser identificado como o verdadeiro responsável pelo incêndio no veículo? Nem lhe ocorre dizer que ele pode ter simplesmente se desesperado por ver fogo perto de seu carro e que não havia nenhuma barricada para ser forçada por ele? Violenta é só a PM paulista?
Você que cobra tanto do PT coerência e ligação com seus compromissos sociais de origem não se preocupa em manter sua própria ("sua", de você, Rudá) coerência com valores humanistas que estão na base das políticas socialistas?

Elcio Siqueira, Mogi Guaçu, SP

Pira disse...

Atear fogo num colchão fere os valores humanistas Elcio Siqueira?
O que aconteceu foi uma infelicidade... não, não é violência montar barricada numa rua em uma manifestação, violência o Estado desalojar mais de 250mil pessoas pra fazer estacionamentos pra Copa.

Pira disse...

Alias, esse vídeo aqui mostra o momento que ele passa por cima do colchão, ele não se desesperou, simplesmente tentou passar por cima dele mas infelizmente ele ficou preso... desculpa, mas ninguém tacou fogo no carro dele, ele que tacou o carro em cima do fogo, e assumiu o risco e responsabilidade pelos seus passageiros quando fez isso, e ainda foram os manifestantes que retiraram os passageiros e tentaram salvar o veículo
http://www.youtube.com/watch?v=wOGPeIvf6kk

Gerson Marques disse...

Para mim não muda nada, colocar fogo em colchões no meio da Paulista, esta sujeito a acontecer o que aconteceu, qual a diferença? Qur dizer que se eu me encher de cachaça e sair por ai dirigindo e uma criança atravessa a rua em minha frente eu atropelo a criança e a culpa é dela?

João Luiz Pena disse...

Então esse vídeo aqui é falso? http://blogdomello.blogspot.com.br/2014/01/video-mostra-que-colchao-em-chamas-foi.html
Vídeo mostra que colchão em chamas foi jogado em cima do fusca, ao contrário dos que acusam o 'irresponsável' serralheiro
As imagens acima mostram CLARAMENTE que não foi o fusca que se jogou em cima do colchão em chamas, mas um escroto irresponsável que empurrou o colchão em chamas sobre um fusca com cinco pessoas dentro, uma delas uma criança, que jamais se esquecerá desse acontecimento na vida de suas retinas ainda tão pouco fatigadas.

Quem acha que um ato torpe destes é uma manifestação legítima contra a Copa deve entrar no fusca e dar um rolezinho com um cobertor em chamas.