sábado, 16 de outubro de 2010

Cancelei a assinatura do jornal O Globo


Há limites em tudo na vida. E eu não me pauto por ler apenas o que penso ou quem pensa como eu. Pelo contrário. Mas não assino panfleto de campanha. Se desejasse contribuir para um dos dois candidatos à Presidência da República, faria doação pelos caminhos formais e legais. Mas o jornal O Globo vem usando meu dinheiro de assinante para fazer panfleto pró-Serra. A edição de hoje passou dos limites. Uma foto editorial, de primeira página, com semblante de desânimo de Dilma, uma interpretação da pesquisa Datafolha (que para a Folha foi empate e para o Globo foi interpretado como subida de Serra), segunda matéria de capa com gastos de campanha do PT (sem citar os gastos da campanha de Serra). Uma ofensiva partidária sem igual. Voltamos aos anos 1950. Não financio campanhas. Quero registrar que sou fonte da Rede Globo na área educacional e colaboro com a Globo News (o visitante deste blog já viu várias participações minhas que reproduzo neste espaço). Troco emails constantemente com Merval Pereira, que respeito, embora tenhamos frequentemente leituras diferentes sobre a realidade. Não vejo nada parecido com o que percebo como linha editorial partidária do jornal O Globo. O JB já faliu. Será que os editores desejam o mesmo para O Globo?

Um comentário:

Angeline disse...

Cancelou tarde...